Festa de Nossa Senhora da Assunção - 2015


A Paróquia de Nossa Senhora Mãe dos Homens e a Capela de Nossa Senhora da Assunção da Comunidade de Assunção, convidam você e sua família a meditar durante o tríduo de 13 a 15/08 preparando o dia 16/08 com o tema: “Com a Senhora da Assunção, fazer de nossa família, Santuário do amor e da vida".

PROGRAMAÇÃO RELIGIOSA

13/08 - QUINTA-FEIRA (1º DIA DO TRÍDUO)
16h – Procissão com a imagem peregrina e famílias acolhedoras da imagem.
19h30min – Abertura do Tríduo com hasteamento do estandarte de Nossa Senhora e Celebração da Palavra.

14/08 – SEXTA-FEIRA (2º DIA DO TRÍDUO)
15h – Terço da Divina Misericórdia
19h30min – Celebração da Palavra.
21h – Jantar de Confraternização dos Filhos de Nossa Senhora

15/08 – SÁBADO (3º DIA DO TRÍDUO – DIA DA PADROEIRA)
05h – Repicar dos sinos e pipocaço
06h – Ofício da Imaculada Conceição (Cantado)
7h – Café Comunitário
15h30min – Terço da Divina Misericórdia
19h30min – Missa Solene - Presidente: Mons. Luíz Lucena Dias (Pároco Emérito)

16/08 – DOMINGO (ENCERRAMENTO DA FESTA DA PADROEIRA)
10h – Batizados
16h – Procissão pelas ruas da comunidade
17h – Missa Solene de Encerramento - Presidente: Pe. Fábio Pinheiro Bezerra (Pároco)

PROGRAMAÇÃO SOCIAL

Apresentações culturais na tenda da cultura:

- Teatro de Bonecos
- Teatro de rua
- Show de Humor
- Músicas ao vivo

Quermesse (Todas as noites, após as celebrações)

14/08 – Jantar de Confraternização
15/08 – Café Comunitário

15/08 - Leilão

Caminhada quer chamar atenção para situação dos abrigos de idosos do RN

Somar forças, em prol da mudança de realidade. Este é o objetivo da Caminhada da Solidariedade, projeto pioneiro na Arquidiocese de Natal, que será realizado no próximo dia 30 de agosto, em Natal. O evento consiste em uma caminhada, que visa chamar atenção para a situação dos abrigos de idosos do estado, sem fins lucrativos, que passam por dificuldades, no que diz respeito à manutenção. Para colaborar com a iniciativa, os interessados podem adquirir o kit, composto por camiseta e boné, ao preço de R$ 20 reais. Para esta primeira edição da caminhada, serão priorizados os abrigos em situação crítica de manutenção. São eles: Instituto Juvino Barreto, Abrigo Anísia Pessoa, Abrigo São Vicente de Paulo, Caso do Idoso Jesus Misericordioso, Lar do Ancião Evangélico (LAE), Espaço Solidário e Lar da Vovozinha.

A programação da caminhada terá início às 7h, no Santuário dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, no bairro Nazaré, em Natal, com celebração de missa, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha. Após a celebração, os participantes seguirão em caminhada, com animação de trio elétrico, encerrando no Instituto Juvino Barreto, situado na avenida Alexandrino de Alencar.

Para participar, os interessados devem adquirir o kit, composto por camiseta e boné, ao preço de R$ 20 reais. No último dia 05 de julho, a caminhada foi lançada em todas as paróquias da Arquidiocese de Natal, que estão funcionando como pontos de venda. Além das paróquias, o kit também está sendo vendido no subsolo da Catedral Metropolitana, no bairro Tirol, em Natal, bem como, nas instituições que serão beneficiadas com a ação.

Divulgada Programação da Campanha Sintonia do Bem

. 12h – Abertura dos portões

. 14h – DJ Roony Moura – Recife (PE)

.15h – Pregação do Pe. Nunes

. 15h30- Intervalo com animação e promoções

. 15h45- Show com artistas locais (Pe. Nunes, Pe. Humberto, Leia e Sônia, Sandro Meneses, Evaltércio do Céu, Clênio Maciel (Uskaravelho) Alex (Swuing do Alto), Banda Divina Luz, Emanuel Stênio (Comunidade Canção Nova)

. 17h30 – Animação com o  Ministério Evangelizar é Preciso, concomitante à preparação para a missa

. 18h – Missa, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, e animada pelo Padre Reginaldo Manzotti, com entronização da imagem de Nossa Senhora Aparecida, vinda do Santuário Nacional

. 20h – Adoração ao Santíssimo Sacramento, conduzida pelo Padre Reginaldo Manzotti

.20h30 – Show de evangelização com o Padre Manzotti (“O amor restaura”)

Missa no Vaticano recorda 3 anos da morte de Dom Eugênio Sales

Uma missa celebrada na Cripta da Basílica de São Pedro na manhã desta quinta-feira (09/07), recordou os três anos de falecimento do Cardeal Eugênio de Araújo Sales. Nascido em Acari (RN), em 8 de novembro de 1920, Dom Eugênio faleceu aos 91 anos em sua residência no Bairro Sumaré, no Rio de Janeiro, enquanto dormia, vítima de um enfarte. Em seus 58 anos de episcopado, 30 deles à frente da Igreja do Rio de Janeiro, destacou-se pelo zelo pastoral e fidelidade à ortodoxia.
A celebração foi presidida pelo Arcebispo Emery Kabongo, que foi segundo Secretário de João Paulo II e amigo pessoal de Dom Eugênio. Concelebrou o Padre José de Medeiros Filho, conterrâneo de Dom Eugênio e que exerce o Ministério sacerdotal na Basílica de São Pedro. O sac
erdote, em visita à Rádio Vaticano, destacou o significado desta celebração.

Por que a Igreja cobra espórtulas e taxas?

Em primeiro lugar, é preciso deixar bem claro que essa medida longe está de querer cobrar pelo sacramento ministrado. Cada um deles é impagável, porque custou o preço do Sangue precioso de Jesus para a nossa salvação. Os sete sacramentos brotaram do coração de Jesus transpassado pela lança na cruz. É por meio deles que as graças da salvação, conquistadas a nós por Cristo, chegam a nós, e isso é impagável!

A prática das espórtulas é inspirada no Novo Testamento e existe durante quase dois mil anos. Essa prática tem duplo sentido:

1) para quem oferece sua dádiva, é uma forma de participar, de maneira mais íntima, da oblação Eucarística e dos frutos desta. É expressão da fé e do amor com que tem acesso ao Pai por Cristo no Espírito Santo. Assim, as espórtulas se justificam como a expressão da fé e do amor dos fiéis que desejam participar mais intimamente dos frutos da Santa Missa.

2) para a Igreja é um meio de sustentação legítimo, baseado na tradição bíblica e que não se trata de simonia, isto é, de comércio com as coisas sagradas.

Quando todos os católicos pagarem o dízimo que a Igreja não obriga que seja 10% do que a pessoa ganha, embora isso seja bom–, então, certamente não será mais preciso cobrar taxas para a celebração dos sacramentos, como o batismo, o crisma e o matrimônio. Mas isso ainda não é comum; por isso a Igreja precisa das taxas para suas necessidades materiais.

O Código de Direito Canônico afirma:

Cânon 222 § 1. “Os fiéis têm obrigação de socorrer às necessidades da Igreja, a fim de que ela possa dispor do que é necessário para o culto divino, para as obras de apostolado e de caridade e para o honesto sustento dos ministros.”

O que o Catecismo da Igreja Católica diz no §2043: “Os fiéis cristãos têm ainda a obrigação de atender, cada um segundo as suas capacidades, às necessidades materiais da Igreja”.

Prof. Felipe Aquino

Jornal A Ordem completa 80 anos de história

O jornal chega às paróquias através de assinaturas (Foto: Edvanilson Lima)
Em julho de 1935, a Diocese de Natal lançava o primeiro exemplar do jornal impresso A Ordem. Para marcar os 80 anos de história do periódico, o Setor de Comunicação planejou dois momentos. Durante o mês de julho, a equipe incentiva as pessoas, especialmente os assinantes e leitores, a gravarem vídeos parabenizando o jornal. Os vídeos serão publicados nas redes sociais da Arquidiocese – youtube e página no Facebook. “Qualquer pessoa pode gravar um vídeo, até mesmo no celular, e enviar para o e-mail pascom@arquidiocesedenatal.org.br”, explica Cacilda Medeiros, do Setor Arquidiocesano de Comunicação.
O outro momento está programado para o dia 9 de setembro. Será uma sessão solene, às 19 horas, na Academia Norte Riograndense de Letras, situada no bairro de Petrópolis, em Natal. O evento contará com a participação do Arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha, e de pessoas que marcaram a história do jornal. Na programação, também constará uma conferência sobre ‘O presente e o futuro do jornal impresso’, proferida pelo jornalista Diego Amorim, do Correio Braziliense. Também, na ocasião, haverá uma exposição, através de exemplares impressos, de todas as fases do jornal.

Fonte: Arquidiocese de Natal

Vaticano conclui no Brasil investigação sobre possível milagre atribuído a Madre Teresa

O caso da cura milagrosa em Santos – que poderá determinar a canonização de Madre Teresa – chegou ao Vaticano no início deste ano e logo foi considerado válido por apresentar elementos contundentes para a instauração de um processo. Tanto que a fase diocesana do tribunal vaticano aconteceu entre 19 e 26 de junho, na diocese de Santos.
O Promotor de Justiça no processo local, Padre Caetano Rizzi, afirmou que tudo aconteceu muito rapidamente porque os fatos são evidentes.
O Delegado episcopal vaticano para o tribunal local, Monsenhor Robert Sarno, explica que agora, antes do possível milagre ser levado até o conselho médico da Congregação para a Causa dos Santos, ele precisa ser analisado por dois médicos autônomos indicados pela Congregação.
Após esta análise, caso os médicos deem uma posição afirmativa sobre a autenticidade do milagre, o caso passa para o conselho teológico da Congregação que deverá analisar os elementos teológicos do possível milagre.
“Podemos demonstrar que, no momento em que a intercessão da Beata Madre Teresa de Calcutá foi pedida, as condições do doente mudaram inexplicavelmente? Se os teólogos apresentarem uma resposta afirmativa para esta pergunta, o caso passa para a análise dos bispos e cardeais da Congregação. Se eles considerarem que o milagre não tem explicação científica – comprovado pelos médicos e concedido por Deus por meio de Madre Teresa de Calcutá e aprovado pelo Conselho Teológico –, então eles encaminharão seu parecer positivo ao Papa que é o único que tem autoridade para julgar o caso”.

Fonte: Rádio Vaticana

Dom Jaime recebe imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida

Dom Jaime recebeu a imagem das mãos do reitor do Santuário, Padre João Batista Andrade (Foto: Thiago Leon)
O arcebispo de Natal (RN) Dom Jaime Vieira Rocha presidiu hoje (07) a santa missa das 9h no Santuário Nacional, ocasião em que, juntamente com o clero de sua arquidiocese, recebeu a imagem jubilar de Nossa Senhora Aparecida para peregrinar pela arquidiocese de Natal.
Durante a celebração dom Jaime falou da missão de propagar a gratuidade da bênção de Deus a todos.
A imagem de Nossa Senhora Aparecida entregue a dom Jaime pelo reitor do Santuário Nacional, padre João Batista de Almeida, fará a peregrinação na Arquidiocese de Natal, de agosto deste ano a julho de 2016. A programação faz parte da preparação ao jubileu dos 300 anos que a imagem da padroeira do Brasil foi encontrada no Rio Paraíba do Sul, no interior de São Paulo.
A chegada oficial da imagem a Natal acontecerá dia 8 de agosto, por ocasião do show de lançamento do projeto Sintonia do Bem, na Arena das Dunas. A primeira paróquia a receber a visita da imagem será a de Nossa Senhora Aparecida, em Neópolis, na capital, no dia 9 de agosto. No dia 12, ela será conduzida para a Paróquia de Santana e São Joaquim, em São José de Mipibu. Depois seguirá por todas as paróquias da Arquidiocese, até julho de 2016.

Fonte: A12